Quarta-feira, 19 de Abril de 2006

Todo dia é dia de índio

_Indio[1].JPG

Em 1500, quando os portugueses chegaram ao Brasil, estima-se que havia por aqui cerca de 6 milhões de índios. Passados os tempos de matança, escravismo e catequização forçada. Nos anos 50, segundo o antropólogo Darcy Ribeiro, a população indígena brasileira estava entre 68.000 e 100.000 habitantes. Atualmente há cerca de 280.000 índios no Brasil. Contando os que vivem em centros urbanos, ultrapassam os 300.000.
No total, quase 12% do território nacional, pertence aos índios.
Quando os portugueses chegaram ao Brasil, havia em torno de 1.300 línguas indígenas. Atualmente existem apenas 170. O pior é que cerca de 35% dos 210 povos com culturas diferentes têm menos de 200 pessoas.
Na década de 70 em diante, algumas tribos indígenas foram quase executadas por inteiro enquanto estavam fora de seu habitat, quase chegaram a extinção, foram ameaçados por epidemias, diarréia e estradas.
Por tudo isto, apesar do "Dia do Índio" ser comemorado hoje, dia 19 de Abril, não temos muito que festejar. Na verdade essa data nos faz lembrar o tamanho do descaso e do desrespeito que existe em relação a esse povo. Entretanto, apesar de tudo, o que parecia impossível está acontecendo: o número de índios no Brasil e na Amazônia está aumentando cada vez mais. A taxa de crescimento da população indígena é de 3,5% ao ano, superando a média nacional, que é de 1,3%. Em melhores condições de vida, alguns índios recuperaram a sua auto-estima e reintroduziram os antigos rituais. Muitos já voltaram para a mata fechada, com uma grande quantidade de crianças indígenas.
Com terras garantidas e população crescente, pode parecer que a situação dos índios se encontra agora sob controle. Mas não podemos nos iludir! Devemos ficar muito atentos, pois o maior desafio, agora, é manter viva sua riqueza cultural. E os esforços das autoridades para manter essa diversidade cultural podem evitar o desaparecimento de muita coisa interessante.
Pra se ter idéia do quanto a sabedoria dos índios é empregada no dia-a-dia do homem branco, basta saber que um quarto de todas as drogas prescritas pela medicina ocidental vem das plantas das florestas, e três quartos foram colhidos a partir de informações de povos indígenas. Na área da educação, a língua tucana, apesar do pequeno número de palavras, é comparada por lingüistas como a língua grega, por sua riqueza estrutural - possui, por exemplo, doze formas diferentes de conjugar o verbo no passado.

Fonte: Funai (Fundação Nacional do Índio) e Museu do índio (http://www.museudoindio.org.br/)

(Foto: divulgação)

publicado por Amandinha às 19:13

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Verão urbano!

. Dica de filme

. Prendre le large

. L'amitié... A amizade

. Dois anos, deux ans

. Entendimento

. Viva a imprensa

. Sábio Guigui

. A Petrobras é nossa!!!

. Passarinho

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds