Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2006

Em busca de um caminho

caminhaodegenteB.jpg

 

“... O Haiti é um país que carece de absolutamente tudo. Não temos sequer o direito de caminhar pelas ruas, pois não há energia elétrica. No entanto, embora a pobreza e as dificuldades sejam aparentes, somos um povo cheio de força e fé. Acreditamos e sonhamos com um Haiti soberano e feliz, sem pessoas morrendo de fome. Mas estamos cansados de discursos embusteados... Muito cansados...”.

Marie Contant, 37 anos, secretária da Embaixada brasileira em Porto-Príncipe, Haiti.

 

O país mais pobre da América se prepara para uma importante etapa da sua história. Com uma população de oito milhões de habitantes, o Haiti dará mais um passo em busca da democracia e do desenvolvimento. Marcadas, inicialmente, para novembro de 2005, e depois remarcadas várias vezes, as eleições presidenciais finalmente aconteceram ontem. O povo compareceu em massa!

No Haiti não existe luz elétrica, tratamento de esgoto nem saneamento básico. 70% da população está desempregada; 55% é analfabeta; 23% das crianças com até cinco anos sofrem de desnutrição crônica e 66% de anemia; doze mil crianças têm o vírus HIV (quatro mil nasceram com ele), e 462 mil são órfãs por causa da doença.

Embora o quadro pareça adverso, ainda existe uma imensa vontade de viver dos haitianos. Por isto, as eleições ganharam um caráter especial: a salvação. Segundo o presidente provisório, Alexander Bonifácio, “o Governo e as tropas da ONU têm feito todos os esforços para garantir a segurança e a legitimidade desse processo democrático”.

Seis pessoas morreram durante a votação e dezenas ficaram feridas.

 

 

 
publicado por Amandinha às 14:51

link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De rachel a 9 de Fevereiro de 2006 às 13:36
Quanto mais difícil mais valor se dá à vida!É uma pena que tenhamos que viver eternamente esta contradição...por que rimar felicidade com necessidade? Adorei este estilo "cult" do seu blog! cheirinho da mamãe.
De Tatiana a 9 de Fevereiro de 2006 às 10:12
linda foto, Amanda. O blog tá bem legal. Beijo
De Nega-do-leite a 8 de Fevereiro de 2006 às 16:25
Pois é, Flavinha... A gente tem que parar de reclamar com barriga cheia!
De Flavinha a 8 de Fevereiro de 2006 às 16:12
E a gente tá reclamando do quê, mesmo??? Pessoas sobrevivem de fé, força e esperança e a gente reclama do dia que choveu, da roupa que não serviu, do cabelo que não ficou legal... É preciso se importar com o que realmente importa: a vida digna a que cada ser humano tem direito...

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Verão urbano!

. Dica de filme

. Prendre le large

. L'amitié... A amizade

. Dois anos, deux ans

. Entendimento

. Viva a imprensa

. Sábio Guigui

. A Petrobras é nossa!!!

. Passarinho

.arquivos

. Julho 2010

. Junho 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Agosto 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds